Madureira em festa! Portela quebra jejum e Império Serrano volta pra elite.
01/03/2017 23:34 em Corridas

 

 

Por Juliano Russi.

 

A Portela, maior campeã do carnaval do grupo especial do Rio de Janeiro, voltou a vencer após 33 anos. A azul e branco de Madureira contou a "importância dos rios para a humanidade" e em mais um belíssimo trabalho do carnavalesco Paulo Barros, sagrou-se campeã e derrubou um enorme jejum. O desfile foi realmente muito bonito e a maioria dos especialistas colocava a Portela como favorita. Era difícil achar um quesito onde fosse possível descontar algum décimo. Prova disso é que a escola liderou a apuração desde o 1º quesito. Antes da leitura das notas de Enredo, Portela e Mocidade estavam empatadas. Porém, a escola de Padre Miguel perdeu alguns décimos e a Portela soltou o grito que estava preso na garganta há mais de três décadas. Se levarmos em conta o último título 'solo' da Portela, a façanha foi ainda maior. Em 1984 e 1980, últimos títulos antes deste conquistado nesta quarta-feira (1), a Portela dividiu o troféu com outras escolas(*). A última vez que a escola de Madureira foi campeã sozinha foi em 1970!

 

Menção honrosa também para a Mocidade Independente de Padre Miguel, que fez um desfile tão belo e surpreendente quanto o da Portela, e voltou a ser protagonista de um carnaval no Grupo Especial. Depois de alguns anos em posições intermediárias e até brigando contra o rebaixamento, a Mocidade brigou ponto a ponto pelo título (que não conquista desde 1996) e recolocou a escola num patamar que dá esperanças ao seu torcedor, de continuar 'brigando' na parte de cima da classificação.

 

O ponto negativo foi o julgamento. Nada que tire o mérito da Portela, longe disso, mas a falta de critério de alguns jurados é algo pavoroso. E os exemplos são diversos. A Unidos da Tijuca foi talvez o caso mais emblemático, perdendo poucos décimos em quesitos como Evolução, Harmonia e Enredo, onde se esperava que fosse mais 'penalizada', uma vez que o segundo carro alegórico ficou parado na avenida por quase 30 minutos, para que os bombeiros pudessem socorrer as vítimas do acidente (parte do teto da alegoria veio a baixo). As alas passaram pelos lados do carro, formaram grandes buracos, e quando o carro andou passaram outros dois enfileirados atrás. Os componentes não cantavam o samba (assustados e tristes, com razão) e a escola perdeu pouquíssimos pontos. Realmente o 'peso' da camisa, assim como no futebol, assombra o carnaval do Rio de Janeiro. Isso sem contar que nenhuma escola será rebaixada neste ano, por conta de um acordo entre todos os presidentes de agremiações e a Liesa (apenas a Mocidade votou contra a medida). Enfim, o carnaval carioca vai perdendo credibilidade ano a ano, e num desfile marcado por dois acidentes graves, com quase 40 feridos, os presidentes de escola deram um 'canetaço', ou no jargão popular, a dita virada de mesa. Lamentável.

 

 

Império Serrano volta pro Grupo Especial em 2018

 

Assim como a sua vizinha de bairro, o Império Serrano também tem motivos pra comemorar. A escola sagrou-se campeã do Grupo A e vai voltar pra elite em 2018. Com o enredo "Meu quintal é maior que o mundo" a escola 9 vezes campeã do Grupo Especial venceu o 'purgatório' do acesso, e conquistou a única vaga em disputa. A briga foi ponto a ponto com a Viradouro, Estácio de Sá e Unidos de Padre Miguel. Esta última acabou perdendo pontos preciosos com a fatalidade que ocorreu com sua porta-bandeira (que sofreu uma queda na frente de uma cabine julgadora, torceu o joelho e precisou ser substituída no meio do desfile). Já a Estácio e Viradouro foram perdendo 'fôlego' nos últimos quesitos (comissão de frente e evolução). Antes da leitura das notas de samba enredo, a vantagem do Império já era de 4 décimos, e aí só um desastre tiraria o título da escola de Madureira. Mas isso não aconteceu e a vantagem até foi ampliada. Império Serrano Campeão e assim desfilará no Grupo Especial no ano que vem.

 

 

Notas:

(*) Em 1980 Portela, Imperatriz e Beija-Flor foram declaradas campeãs. Já em 1984 a Portela foi a campeã dos desfiles de Domingo e a Mangueira dos desfiles de Segunda e do Supercampeonato.

- Paulo Barros, carnavalesco, conquista seu 4º título: (2010, 2012 e 2014 com a Tijuca) e agora com a Portela.

 

Todas as campeãs do RJ (grupo principal):

https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_campeãs_do_carnaval_do_Rio_de_Janeiro

 

Grupo Especial, classificação final: 

Campeão Portela 269,9

Vice Mocidade 269,8

3º Salgueiro 269,7

4º Mangueira 269,6

5º Grande Rio 269,4

6º Beija Flor 269,2

7º Imperatriz 268,5

8º União da Ilha 267,8

9º São Clemente 267,4

10º Vila Isabel 267,4

11º Tijuca 266,8

12º Tuiuti 264,6

 

O andamento da apuração, quesito a quesito:

1º quesito (Alegorias): Salgueiro, Beija-Flor, Portela, Mangueira, Grande Rio e Mocidade 30 pontos. Ilha 29,9. 

Após o 2º quesito (Bateria): Salgueiro, Portela, Beija-Flor e Mangueira 60 pontos; Ilha e Mocidade 59,9; Imperatriz 59,7 

Após o 3º quesito (Fantasias): Portela, Salgueiro e Mangueira 90 pontos; Ilha e Mocidade 89,9; Beija-Flor/G Rio/Imperatriz 89,6 

Após o 4º quesito (Samba Enredo): Portela e Mangueira 120 pontos; Mocidade 119,9; Salgueiro 119,7; Grande Rio 119,6 

Após o 5º quesito (Comissão de Frente): Portela e Mocidade 149,9 pontos; Mangueira 149,8; Salgueiro 149,7; Grande Rio 149,6; Beija Flor 149,5 

Após o 6º quesito (Evolução): Portela e Mocidade 179,9 pontos; Salgueiro e Mangueira 179,7; Grande Rio 179,6; Beija Flor 179,5 

Após o 7º quesito (Harmonia): Portela e Mocidade 209,9 pontos; Salgueiro 209,7; Grande Rio e Mangueira 209,6; Beija Flor 209,5 

Após o 8º quesito (M Sala e P Bandeira): Portela e Mocidade 239,9 pontos; Salgueiro 239,7; Mangueira 239,6; Grande Rio e Beija Flor 239,4 

 

 

Grupo A, classificação final:

1º Império Serrano 269.8

2º Unidos do Viradouro 269.3

3º Estácio de Sá 269.1

4º Unidos de Padre Miguel 268.9

5º Unidos do Porto da Pedra 268.2

6º Acadêmicos da Rocinha 266.6

7º Império da Tijuca 266.3

8º Acadêmicos do Cubango 265.6

9º Inocentes de Belford Roxo 265.2

10º Renascer de Jacarepaguá 265.1

11º Acadêmicos do Sossego 264.5

12º Acadêmicos de Santa Cruz 264.2

13º Alegria da Zona Sul 263.3

14º União do Parque Curicica 260.6 (rebaixada para o Grupo B em 2018)

 

A apuração dos desfiles da Intendente Magalhães (Grupos B, C e D) será nesta quinta-feira(2), a partir das 14:00. Acompanharemos. #ApuracaoRJ 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!