Conferência Sul/Sudeste da Liga Nacional Feminina de Handebol começa nesta quinta (27)
27/07/2017 - 15h02 em Esportes Olímpicos

 

 

UnC/Concórdia (SC) enfrenta a ApaHand/UCS/Farroupilha (RS)

 

Os principais jogadores de handebol do Brasil vão disputar, a partir deste semestre, a Conferência Sul-Sudeste da Liga Nacional 2017. Equipes, data, horário e local dos jogos já estão definidos tanto para a competição feminina, que começa neste mês com oito clubes, quanto para a masculina, com início em agosto e participação de seis times.

 

Liga Nacional Feminina / Conferência Sul-Sudeste

 

Vão disputar a competição P.M. Maringá/Unimed/Unicesumar e FCC/FAG/ACH/Cascavel, do Paraná; Unip/São Bernardo, Esporte Clube Pinheiros e FUMGuaru/Guarulhos, de São Paulo; UnC/Concórdia e Blumenau/FURB, de Santa Catarina; e APHand/UCS/Farroupilha, do Rio Grande do Sul. A Conferência Sul-Sudeste feminina terá turno único, de 27 de julho a 7 de outubro.

 

 

O EC Pinheiros é o atual campeão, tendo conquistado o título inédito no ano passado. Nesta edição, o técnico Alex Aprile prevê uma disputa ainda mais equilibrada. “Turno único é mais perigoso, há um risco grande quando se perde um jogo. Será muito mais complicado. Por isso, neste ano, a fase de classificação vale muito e nosso primeiro objetivo é pensar em ficarmos entre os quatro primeiros.”

 

Liga Nacional Masculina / Conferência Sul-Sudeste

 

Os seis times que vão competir são Esporte Clube Pinheiros, Taubaté/FAC/UNITAU e São Caetano Handebol, de São Paulo; P.M. Maringá/Unimed/Unicesumar e MRV Unicesumar Londrina/Paiquere FM, do Paraná; e Funel/USC/Acevale, de Minas Gerais. A Conferência Sul-Sudeste masculina será disputada em turno e returno, de 10 de agosto a 28 de outubro.

 

Na conferência Centro-Oeste as disputas serão de 2 a 6 de agosto. Já na Nordeste, a previsão é que o primeiro turno seja disputado de 18 a 20 de agosto e o segundo de 15 a 17 de setembro. As datas da região Norte ainda serão confirmadas. 

 

Segunda fase

 

Tanto no feminino quanto no masculino, as quatro melhores equipes vão se classificar para a segunda fase da Liga Nacional, juntando-se a duas da Conferência Norte, duas da Nordeste e duas da Centro-Oeste. Os dez times serão divididos em duas chaves. Chave A: 1º Sul-Sudeste; 4º Sul-Sudeste; 2º Nordeste; 2º Norte e 1º Centro-Oeste. Chave B: 2º Sul-Sudeste, 3º Sul-Sudeste, 1º Nordeste, 1º Norte e 2º Centro-Oeste.

 

Cada grupo terá partidas disputadas em sede única, definida por estrutura local e ranqueamento. “Acredito que esse formato, com uma sede para as cinco equipes jogarem, vai aumentar a chance de os times de Norte, Nordeste e Centro-Oeste conseguirem vaga nas semifinais”, avaliou Alex Aprile.

 

Para as mulheres, a segunda fase terá jogos de 25 a 29 de outubro. As semifinais serão em 16 e 17 de novembro, e a final e a definição da medalha de bronze no dia 19 de novembro. Entre os homens, a segunda fase será de 22 a 26 de novembro. As semifinais serão em 14 e 15 de dezembro, e a final e a definição da medalha de bronze no dia 17 de dezembro.

 

E a competição feminina já começa em grande estilo. O primeiro jogo do campeonato será entre UnC/Concórdia (SC) e Apahand/UCS/Farroupilha (RS), às 19h30, no Ginásio da Universidade do Contestado, em Concórdia (SC). 

 

O técnico da Apahand/UCS/Farroupilha (RS), Gabriel Citton, destacou o alto nível da disputa regional. "Estamos retornando ao cenário nacional agora. Respeitamos todas as equipes, e eu acredito que a nossa conferência é a mais forte, porque tem equipes que fizeram a final, como Pinheiros, Blumenau, Concórdia e São Bernardo. As quatro melhores do ano passado são da nossa conferência. Nosso objetivo é tentar a classificação, o que seria bem difícil por conta do nível da conferência", disse o treinador, que também falou sobre a partida de quinta-feira.

 

 

Já UnC/Concórdia foi quarta colocada no ano passado e agora estreará em casa. "A expectativa é grande para saber como a equipe vai se comportar. Há uma incógnita por conta do rendimento da equipe por falta de ritmo de jogo e isso cria expectativa de como o grupo vai reagir dentro de quadra", explicou o técnico Alexandre Schneider, que espera o apoio da torcida catarinense.

 

"O fator casa é importante para nós. Em Concórdia, vamos ter o apoio do torcedor, ainda mais no início, porque a equipe está se reestruturando. Vai ser importante e esperamos grande público. Com essa nova formatação de jogo único, é importante vencer em casa", falou.

 

Serviço:

UnC/Concórdia (SC) X Apahand/UCS/Farroupilha (RS)

Data: 27/07/2017

Horário: 19h30

Local: Ginásio da Universidade do Contestado

Rua Victor Sopelsa, 3000 - Concórdia - SC

 

Fonte: http://photoegrafia.com.br/

Fotos: Cinara Piccolo e https://www.facebook.com/abluhand/

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!