57º JASC, contagem regressiva: faltam 03 dias! O destaque hoje é o Xadrez
31/10/2017 09:00 em JASC

 

 

Assim como no tabuleiro de xadrez, os Jogos Abertos de Santa Catarina têm também a sua rainha. Carioca radicada em Blumenau, a Mestre Internacional Regina Lúcia Ribeiro é pentacampeã brasileira, atleta olímpica e mais de 15 vezes medalhista de ouro em Jogos Abertos. Na flor dos seus vinte anos, em 1981, a então flautista Regina cursava Alemão na UNERJ, a Universidade Federal do Rio de Janeiro, e dava aulas de xadrez num projeto de iniciação esportiva da Fundação Roberto Marinho. A paixão pela música era cultivada em shows com a sua banda em barzinhos e boates. Ela tinha tudo para continuar no Rio, mas os dirigentes esportivos de Blumenau, interessados em desenvolver a modalidade no município, conseguiram fisgar a realeza do xadrez.

 

Logo que voltou da Olimpíada de 1982, em Lucerna, Suíça, Regina recebeu um telegrama da amiga Heloísa Martins, com a reserva de uma passagem para Blumenau e a seguinte mensagem: queremos conversar com você. Regina foi sabatinada por Ramiro Ruediger e outros cardeais do esporte blumenauense como Lorival Beckhauser, Grilo e João Bueger. "Resumindo, eles me ofereceram tudo que eu tinha no Rio e muito mais, casa, comida, faculdade e curso de música no Carlos Gomes..."

 

Em 1986, o regulamento do xadrez feminino - modalidade introduzida nos JASC em 1974 e até então disputada com dois tabuleiros por município - passou a exigir três tabuleiros, com dois suplentes. Mais tarde passaria para quatro tabuleiros. Para se juntar à dupla Regina-Heloísa, foi convidada a mineira Palas Atena Veloso, bicampeã brasileira e também uma grande árbitra de xadrez. Palas se integraria totalmente à cidade, ajudando a formar novos talentos para Blumenau. 

Extraído do livro “JASC 50 anos, história de vencedores” de Marco Aurélio Gomes e Valmor Fritsche

 

 

Histórico:

 

MASCULINO

Florianópolis = 13 títulos (atual campeão);

Blumenau = 12 títulos (último em 2006) + 10 vices;

Joinville = 10;

Joaçaba = 8;

Itajaí e Chapecó = 3 títulos;

Concórdia = 2;

Rio do Sul, Jaraguá do Sul e Lages = 1;

TOTAL = 54 edições.

 

 

Campeões e vices por ano

1960 Joaçaba - Florianópolis

1961 Blumenau - Florianópolis

1962 Joaçaba - Florianópolis

1963 Joaçaba - Joinville

1964 Joaçaba - Blumenau

1965 Joaçaba - Joinville

1966 Joaçaba - Rio do Sul

1967 Joaçaba - Blumenau

1968 Florianópolis - Mafra

1969 Joinville - Florianópolis

1970 Joaçaba - Florianópolis

1971 Florianópolis - Joaçaba

1972 Florianópolis - Joaçaba

1973 Florianópolis - Joaçaba

1974 Florianópolis - Joaçaba

1975 Florianópolis - Joinville

1976 Florianópolis - Joinville

1977 Florianópolis - Joinville

1978 Blumenau - Florianópolis

1979 Blumenau - Balneário Camboriú

1980 Blumenau - Joinville

1981 Blumenau - Tubarão

1982 Joinville - Blumenau

1983 edição cancelada

1984 Blumenau - Joinville

1985 Joinville - Blumenau

1986 Blumenau - Joinville

1987 Blumenau - Joinville

1988 Florianópolis - Blumenau

1989 Blumenau - Florianópolis

1990 Chapecó - Blumenau

1991 Chapecó - Jaraguá do Sul

1992 Joinville - Blumenau

1993 Chapecó - Joinville

1994 Florianópolis - Blumenau

1995 Blumenau - Chapecó

1996 Joinville - Florianópolis

1997 Jaraguá do Sul - Joinville

1998 Joinville - Florianópolis

1999 Blumenau - Brusque

2000 Florianópolis - Joinville

2001 Joinville - Lontras

2002 Lages - Joinville

2003 Itajaí - Florianópolis

2004 Itajaí - Joinville

2005 Joinville - Blumenau

2006 Blumenau - Itajaí

2007 Concórdia - Jaraguá do Sul

2008 edição cancelada

2009 Rio do Sul - Concórdia

2010 Concórdia - Blumenau

2011 Joinville - Rio do Sul

2012 Florianópolis - Joinville

2013 Joinville - Itajaí

2014 Itajaí - Rio do Sul

2015 Florianópolis - Joinville

 

 

FEMININO

Blumenau = 18 títulos (17 consecutivos entre 1984 e 2000 + último título em 2013) + 5 vices;

Joinville = 8 títulos;

Concórdia = 5;

Jaraguá do Sul e Rio do Sul (atual campeão) = 3;

Florianópolis, Lages e São Francisco do Sul = 1 título.

TOTAL = 40 edições.

 

 

Campeões e vices por ano

1974 São Francisdo do Sul - Rio do Sul

1975 Joinville - Jaraguá do Sul

1976 Joinville - Tubarão

1977 Joinville - Tubarão

1978 Joinville - Tubarão

1979 Joinville - Indaial

1980 Joinville - Florianópolis

1981 Joinville - Blumenau

1982 Joinville - Blumenau

1983 edição cancelada

1984 Blumenau - Itajaí

1985 Blumenau - Indaial

1986 Blumenau - Florianópolis

1987 Blumenau - Itajaí

1988 Blumenau - Itajaí

1989 Blumenau - Itajaí

1990 Blumenau - Itajaí

1991 Blumenau - Concórdia

1992 Blumenau - Maravilha

1993 Blumenau - Chapecó

1994 Blumenau - Concórdia

1995 Blumenau - Concórdia

1996 Blumenau - Concórdia

1997 Blumenau - Joinville

1998 Blumenau - Joinville

1999 Blumenau - Timbó

2000 Blumenau - Concórdia

2001 Jaraguá do Sul - Florianópolis

2002 Lages - Blumenau

2003 Jaraguá do Sul - Itajaí

2004 Jaraguá do Sul - Blumenau

2005 Concórdia - Blumenau

2006 Concórdia - Joaçaba

2007 Concórdia - Rio do Sul

2008 edição cancelada

2009 Concórdia - Rio do Sul

2010 Rio do Sul - Concórdia

2011 Rio do Sul - Concórdia

2012 Florianópolis - Rio do Sul

2013 Blumenau - Concórdia

2014 Concórdia - Rio do Sul

2015 Rio do Sul - Itajaí

Extraído de fesporte.sc.gov.br (montagem de Juliano Russi)

 

 

Como foi na última edição dos JASC, em 2015:

 

FLORIANÓPOLIS E RIO DO SUL CONQUISTAM O XADREZ

 

Depois de oito dias de competições e com seis horas de jogo no último dia foram conhecidos nesta quinta-feira (17) os vencedores do xadrez da 55ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em Joaçaba. Florianópolis foi o campeão geral entre os homens ao somar 23 pontos. Os campeões venceram seis das sete rodadas que disputaram e empataram uma.

 

O time da Capital foi formado por  Gilberto Milos, Felipe de Cresc El Debs, Everaldo Matsuura, César Umetsubo, Kaiser Luiz Mafra e Marcelo Pomar. A competição foi marcada por um grande nível técnico já que dois 11 grandes mestres do Brasil (o mais alto grau que o jogador pode obter) cinco estavam disputando os Jasc, três por Florianópolis: Gilberto, Felipe e Everaldo.

 

Na segunda colocação no masculino ficou Itajaí com 21 pontos e em terceiro Joinville, também com 21 pontos, mas como os jonvilenses perderam na segunda rodada para os itajaienses ficaram em terceiro.

 

Entre as mulheres o troféu de campeão geral foi conquistado por Rio do Sul, ao somar 21 pontos, depois da equipe vencer cinco das seis rodadas. O time campeão formou com Vanessa Feliciano, Vanessa Gazola, Sara Martins, Aghata Nunes e Anne Caroline Nardelli .

 

No segundo lugar na classificação geral entre as mulheres ficou Itajaí, com 20,5 pontos e Concórdia, em terceiro com 19,5 pontos.

 

Ao fazer um balanço do título Marcelo Pomar, de Florianópolis, disse que o time da capital fez um bonito papel na competição. “Empatamos um e vencemos os demais seis jogos, então saiu tudo como havíamos planejado”, disse.

 

Vanessa Feliciano, de Rio do Sul, também enfatizou que o conjunto foi o ponto forte da equipe. “Conseguimos superar grandes adversários em um torneio extremamente forte tecnicamente”, destacou a campeã.

 

Texto: Antonio Prado

Fotos: Epa Machado

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!