Metropolitano ganha a primeira fora de casa e sai da zona de rebaixamento
25/03/2019 17:18 em Futebol

 

 

Em partida válida pela 15ª rodada do Campeonato catarinense de futebol, Marcílio Dias e Metropolitano se enfrentaram no estádio Hercílio Luz, em Itajaí. As duas equipes buscavam a reabilitação no campeonato. O Marinheiro estava há cinco jogos sem vencer e o clube de Blumenau precisava do resultado para continuar a luta contra o rebaixamento. 

 

Marinheiro no comando

 

O início do jogo foi bem movimentado. Nos 5 minutos iniciais, as duas equipes tiveram chance de abrir o placar. O Marcílio começou a partida apertando em cima a equipe de Blumenau, buscando bem os flancos do campo e explorando os cruzamentos. Roni teve a melhor chance de gol nesse tempo, porém, errou a cabeçada e a bola acabou indo para o lado de fora.

 

Aos 18, o verdão teve a chance de abrir o placar. Ari Moura teve a oportunidade do gol em após chute rebatido pela defesa do Marcílio, ele finaliza e o goleiro do time Tom salva a equipe de Itajaí.

 

No minuto 33, após falta cobrada por Jean Dias, a defesa do Verdão afasta mal e Juninho Tardelli teve a chance de abrir o placar para o Marinheiro, ele finaliza de direita e é travado por Café e a bola saí para escanteio.

 

O Marcílio tentou pressionar o Metrô no campo de defesa, mas não foi efetivo nas finalizações. O verdão se postou muito bem no sistema defensivo na primeira parte, enquanto o técnico Waguinho Dias mudava seus pontas incessantemente em busca de novas oportunidades de ataque. O destaque do primeiro tempo ficou com Anderson Ligeiro, ele rodou por todo setor ofensivo do marinheiro e criou as melhores chances do rubro-anil. 

 

Verdão voltou melhor

 

Na segunda etapa, aos 4 minutos, Michel Schmoeller quase marca um gol antológico. Ele aproveita a rebatida da defesa e, chuta da intermediária, a bola acerta o travessão em cheio e assusta os torcedores da casa. 

 

Aos 15, Schmoeller – que voltou muito bem para segunda etapa- acionou Pirambu na cara do gol, porém finalizou muito mal e a bola sai. O Verdão voltou muito melhor para a segunda etapa. O Marcílio, de novo, sentiu falta do preparo físico que os atrapalhou nos últimos jogos.

 

E só deu Metropolitano! Aos 20, Paulinho, que entrou no lugar de Negueba, bateu cruzado e a bola passa rente ao poste do goleiro Tom. Metrô foi muito superior na primeira parte do segundo tempo.

 

A pressão surtiu efeito! O Verdão abriu o placar com Ari Moura. Pirambu escorou a bola de cabeça após batida de tiro de meta de Volpi, a bola cai no pé de Ari Moura que na saída do goleiro, deu o tapa por cima. Golaço do Metrô! 

 

Com 32 minutos da segunda etapa, o Marcilio acertou a bola na trave do Verdão. Lauder aproveitou o bate-rebate dentro da área e chuta. Volpi espalma e a bola vai na trave. O rubro-anil se mandou do jeito que deu para o ataque.

 

Aos 37, Giba finalizou de longe e a bola passa pelo lado. Metrô muito seguro na defesa. O Marcílio não conseguiu criar jogadas trabalhadas para finalização. 

 

Renan Wagner, aos 46 foi expulso. A falta foi totalmente desnecessária. Entrou solando o jogador do Marcílio. Minutos finais foram de pressão do rubro-anil, mas não foi o suficiente. Vitória do Metropolitano! A primeira fora de casa no estadual de 2019.

 

A segunda etapa foi de amplo domínio do Metropolitano. A entrada de Paulinho no lugar de Negueba deu mais amplitude de jogo para a equipe de Blumenau. A proposta de contra-ataque foi muito bem executada pelos jogadores e o resultado veio. 

 

Verdão ganhou sobrevida para a luta contra o rebaixamento. Até a próxima rodada, está fora da zona da degola.

 

O Marcílio precisa ligar o sinal de alerta se ainda quiser a classificação para a semifinal do campeonato. Já são 6 jogos sem vitória.

 

A equipe de Blumenau volta a campo contra o Criciúma no próximo domingo, no Monumental do SESI. O Marcílio vai à Joinville para enfrentar o JEC no sábado.

 

Ficha Técnica:

Marcílio Dias: Tom; Luiz Renan; Wallace; Magrão; Paulinho; Luanderson; Jonatas; Jean Dias (Lauder); J. Tardelli (Levak); Anderson Ligeiro e Roni (Giba).

Metropolitano: Volpi; Araújo; Café; Murilo; Márcio Rozário; Schmoeller; Negueba (Paulionho); Ari Moura (Bruninho); Mateus Arance (Renan Wagner); Ruan e Pirambu.

Cartões amarelos: Volpi; Márcio Rozário e Negueba

Cartão Vermelho:Renan Wagner

Público total: 3.417 pessoas

Renda: R$ 68.740,00

 

Texto: Lucas Bastos Gabriel

Foto: Bruno Golembiewski

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!