APAN abre três pontos de diferença na luta pelo G-8 da Superliga
04/02/2020 15:58 em Vôlei

 

 

Nessa semana, serão dois jogos contra adversários diretos

 

A APAN alcançou mais uma importante vitória em casa e abriu três pontos em relação ao Itapetininga na luta para se manter no G-8 e assegurar uma vaga nas quartas de final da Superliga. O adversário do último sábado foi o Ponta Grossa. Foram 3 sets a 1, com parciais de 25/19, 25/27, 25/21 e 25/20, em jogo que teve 1h50min de duração.

 

Com a vitória, a APAN soma agora 16 pontos ganhos, com seis vitórias em 14 jogos, permanecendo em oitavo lugar na Superliga. O ponteiro Daniel Muniz foi o maior pontuador do jogo, com 21 marcados, ao lado de Robinho (Ponta Grossa). Daniel também foi escolhido o melhor em quadra, levando para casa o Troféu Viva Vôlei.

 

O próximo compromisso da APAN será fora de casa, quarta-feira, dia 05, às 19h30, diante do Fiat Minas, na Arena Minas, em Belo Horizonte. No primeiro turno, no dia 23 de novembro do ano passado, o time blumenauense venceu os mineiros por 3 a 2, jogando em casa. Foi a estreia diante do torcedor, no retorno à elite do voleibol brasileiro.

 

Análise

 

No primeiro set, a equipe da APAN construiu a vitória com poucos erros e uma boa distribuição de bola, situação não observada na derrota do segundo set, onde faltou paciência para trabalhar a bola na análise do técnico André Donegá. O jogo também marcou a estreia do central Junior.

 

Sem poder contar com o ponteiro Ricardo Júnior em totais condições, por conta de um problema de saúde, Donegá promoveu a entrada de Kelvin. O atleta foi fundamental. A partir daí o time voltou a mandar no jogo. “Foi mais uma vez a vitória da coletividade”, resumiu o treinador.

 

 

Bem nas estatísticas

 

O central Ialisson manteve sua regularidade no bloqueio e agora aparece em segundo lugar nesse fundamento, segundo as estatísticas da CBV. Em 29 ações, 24 foram tiveram êxito. Na média, o atleta de 2,05 metros, tem 0,83 de aproveitamento.

 

No saque, Daniel Muniz também aparece em segundo lugar, com 23 pontos marcados, contra 25 de Lucarelli (Taubaté). Na média, ele é o quinto, com 23 pontos marcados em 50 tentativas. Outro atleta que aparece entre os melhores, está o oposto Franco. Ele é o terceiro maior pontuador da Superliga, com 207 pontos marcados.

 

Texto: Giovani Vitória | Jornalista/Rotariano | Assessor de Imprensa da APAN Vôlei Blumenau | Informe Comunicação

Fotos: Raphael Guilherme Moser @mussehc | Assessoria de Imprensa da APAN Vôlei Blumenau | Informe Comunicação

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!